Quem Somos / Parceiros

O CEFFA conta com uma equipe diferenciada e qualificada preocupada com atualização e aprimoramento técnico- científico, alinhando diversas áreas de conhecimento em saúde em prol da otimização dos resultados de seus clientes.

Artigos

Encontre aqui um material informativo atualizado e de alta qualidade escritos pela equipe CEFFA sobre os diversos temas de interesse em saúde.

Capsulite Adesiva (Ombro Congelado)
June 16, 2016

Terapia da mão

March 23, 2016
Pilates e a dor Lombar
November 25, 2015
Capsulite Adesiva (Ombro Congelado)
June 16, 2016

Nossos serviços

Fisioterapia
A dor é uma das principais causas da redução de humor, da qualidade de vida eficiência no trabalho. Muitas vezes, dores relacionadas a problemas em articulações, ossos ou músculos não melhoram totalmente com o uso de medicamentos, ou esses causam efeitos colaterais indesejáveis ou perigosos à saúde...
Mais.
A fisioterapia funcional é uma maneira diferenciada e eficaz para trabalharmos e otimizarmos as tarefas do cotidiano ou gestuais esportivos, que por algum motivo estejam comprometidos, seja por consequência do envelhecimento ou de lesões adquiridas...
Mais.
O sistema vestibular detecta o movimento rotacional e linear da cabeça. Esta informação é utilizada para estabilizar os olhos, de modo a manter o olhar em alvos de interesse independentemente do movimento da cabeça, bem como o ajuste postural e orientação gravitacional...
Mais.
A Fisioterapia Neurofuncional é uma especialidade que lida com os déficits físicos causados por lesões no Sistema Nervoso. Esses acometimentos podem ocorrer no Sistema Nervoso Central (cérebro, tronco encefálico, cerebelo e medula espinhal) ou Sistema Nervoso Periférico (nervos periféricos), diversos sinais e sintomas podem estar presentes dependendo da topografia e extensão da lesão...
Mais.
A Fisioterapia domiciliar é indicada para pessoas que tenham dificuldade ou limitação de locomoção ou que busquem a comodidade de receberem os cuidados sem ter que sair de casa, evitando deslocamentos...
Mais.
No CEFFA, oferecemos um serviço de avaliação da pisada que alinha o exame de Baropodometria computadorizada estática e dinâmica com o exame fisioterapêutico funcional...
Mais.
No CEFFA,trabalhamos com palmilhas desenvolvidas especificamente para cada um de nossos clientes com base na avaliação detalhada que realizamos.
Nossas palmilhas são confeccionadas de diferentes maneiras, de acordo com a indicação proposta pelo fisioterapeuta responsável pela avaliação ...
Mais.

Dor crônica

A dor é um processo complexo e envolve diversos sistemas corporais. Em qualquer experiência dolorosa há envolvimento de diferentes áreas do cérebro, responsáveis pelas mais diversas funções, como fobia, emoções e movimento. Indivíduos que sofrem de dor crônica podem apresentar compensações mal adaptadas, fazendo com que o processo doloroso se reforce e perpetue...
Mais.
A Drenagem Linfática Manual é uma massagem terapêutica de pressão suave e movimento lento. Através da ativação das trocas circulatórias e metabólicas, a drenagem proporciona vários benefícios...
Mais.
A Osteopatia é um conceito de tratamento manual, baseado em anatomia, fisiologia e disfunção, desenvolvida pelo médico norte americano Andrew Taylor Still em meados do século XIX, com o objetivo de desenvolver um sistema de avaliação e tratamento holístico fugindo do modelo biomédico aplicado na época. Ao notar que os sintomas de seus pacientes podiam ter uma origem distante do local em questão e que o tratamento medicamentoso pouco ajudava às pessoas...
Mais.
O tratamento da dor musculoesquelética é um desafio e envolve vários aspectos individuais. O reconhecimento desses aspectos e o seu manejo durante o dia a dia é essencial para a resolução dos problemas físicos...
Mais.
Quando é necessária a realização de um procedimento cirúrgico para a correção de uma lesão estrutural clinicamente significativa, é primordial um bom processo de reabilitação direcionado à plena recuperação funcional...
Mais.
A mão é o segmento mais versátil do corpo humano, nos permitindo realizar uma infinita variedade de atividades durante o dia, como: nos alimentarmos, nos vestirmos, transportarmos objetos, sinalizarmos algo, abrirmos e fecharmos portas, etc...
Mais.
Voltar

Fisioterapia manual

A dor é uma das principais causas da redução de humor, da qualidade de vida eficiência no trabalho. Muitas vezes, dores relacionadas a problemas em articulações, ossos ou músculos não melhoram totalmente com o uso de medicamentos, ou esses causam efeitos colaterais indesejáveis ou perigosos à saúde.

Hérnias de disco, osteófitos (chamados de “bico de papagaio”), tendinites, bursites, esporões de calcâneo, rupturas de tendões, artroses em geral e outras patologias musculoesqueléticas estão presentes em grande parte da população, podendo gerar limitações importantes.

A Fisioterapia atua de maneira direta no tratamento, controle e prevenção desses distúrbios físicos, com uso de técnicas seguras, sempre visando a superação das limitações físicas. No CEFFA, nós realizamos uma avaliação criteriosa e individualizada buscando a real causa dos sintomas e o melhor tratamento para a necessidade de cada cliente. Acreditamos que essa atenção individual, aliada ao uso de técnicas manuais avançadas, exercícios terapêuticos específicos e educação quanto ao problema são pontos fundamentais para o sucesso desse tratamento.

A Fisioterapia manual tem se destacado nas últimas décadas em pesquisas científicas, por ser uma opção de tratamento eficaz e segura. Contamos com profissionais com formação de excelência em diversas técnicas da terapia manual, como o Conceito Mulligan, Método Maitland, Osteopatia, mobilização do sistema nervoso, estabilização segmentar terapêutica, Crochetagem mioaponeurótica, miofibrólise percutânea, Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva, entre outras. Além disso, temos também o credenciamento internacional no Método McKenzie, concedido pelo McKenzie International Institute. Garantimos o melhor tratamento possível para o seu problema.

  • Fisioterapia funcional

    A fisioterapia funcional é uma maneira diferenciada e eficaz para trabalharmos e otimizarmos as tarefas do cotidiano ou gestuais esportivos, que por algum motivo estejam comprometidos, seja por consequência do envelhecimento ou de lesões adquiridas.

    Baseia-se em exercícios que combinam movimentos tridimensionais, focados nas atividades do dia a dia, englobando todo o corpo e não somente a região acometida pela lesão.

    Por usar resistência em regiões não afetadas, segundo conceitos da Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva (PNF – Kabat), auxilia-se o movimento da região acometida de maneira indolor. Consequentemente o ganho de força e função é surpreendente.

    Por ser um tratamento indolor e focado em objetivos funcionais, é extremamente eficaz para pessoas que sofrem de dores crônicas, pois com a evolução dos exercícios os pacientes ganham mais confiança para se movimentar, tornando as atividades diárias automáticas e harmônicas.

    Esta abordagem pode ser indicada para qualquer pessoa que almeje melhorar a forma como se movimenta. Em atletas para otimizar o desempenho e reduzir o risco de lesões, e em idosos que podem ser beneficiados com aumento da amplitude de movimento e redução da dor durante suas atividades do dia a dia, em busca de uma vida mais plena e ativa.

  • Fisioterapia vestibular

    O sistema vestibular detecta o movimento rotacional e linear da cabeça. Esta informação é utilizada para estabilizar os olhos, de modo a manter o olhar em alvos de interesse independentemente do movimento da cabeça, bem como o ajuste postural e orientação gravitacional. Atualmente sabe-se também que este Sistema é responsável por uma integração de modalidades sensoriais para a manutenção do equilíbrio, juntamente com o cerebelo.

    Quando o sistema coclear (auditivo) e vestibular apresentam algum problema, individualmente ou em conjunto, surgem como sintomas principais a tontura ou vertigem, com ou sem sintomas neurovegetativos (náusea, vômito) e/ou sintomas auditivos.

    A Reabilitação Vestibular é o conjunto de procedimentos de avaliação e tratamento, que visa a redução ou eliminação da tontura/vertigem e a recuperação funcional das disfunções do equilíbrio corporal de origem vestibular de natureza periférica, central ou mista, associadas ou não às desordens multissensoriais e musculoesqueléticas.

    O fisioterapeuta, durante sua consulta, avalia seus pacientes servindo-se de testes e escalas diversos, análise da marcha e manobras diagnósticas para observar a condição funcional dos sistemas relacionados ao controle do equilíbrio corporal. Após essa avaliação o profissional capacitado será capaz de entender o processo de controle postural e equilíbrio, assim como a contribuição dos diversos componentes capazes de gerar sintomas de tontura e perda de equilíbrio e atuar com técnicas específicas voltadas para o problema de cada paciente de maneira personalizada.

    As técnicas utilizadas na reabilitação vestibular são baseadas no diagnóstico funcional e individual do sistema labiríntico e no acompanhamento do progresso da possível disfunção. Os métodos específicos incluem manobras visando o reposicionamento dos cristais de cálcio, nos casos de Vertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB), habituação, adaptação, substituição, exercícios de orientação espacial, exercícios para treino de equilíbrio e marcha e/ou atividades com duplas tarefas.

    Estudos indicam que começar a Fisioterapia Vestibular, já na fase aguda ou o quanto antes, pode proporcionar melhora dos sintomas de tontura, prevenir complicações futuras e diminuir a possibilidade de quedas.

    No CEFFA contamos com profissionais capacitados e qualificados para a avaliação e tratamento de distúrbios de equilíbrio e tontura/vertigem.

  • Fisioterapia Neurofuncional

    A Fisioterapia Neurofuncional é uma especialidade que lida com os déficits físicos causados por lesões no Sistema Nervoso. Esses acometimentos podem ocorrer no Sistema Nervoso Central (cérebro, tronco encefálico, cerebelo e medula espinhal) ou Sistema Nervoso Periférico (nervos periféricos), diversos sinais e sintomas podem estar presentes dependendo da topografia e extensão da lesão.

    Dentre os distúrbios mais frequentes estão: Acidente Vascular Cerebral (AVC), Traumatismo Raqui-Medular (TRM), Traumatismo Crânio Encefálico (TCE), Doença de Parkinson, Esclerose Múltipla (EM), Alzheimer, mielites, entre outros.

    A perda gradual ou súbita dos movimentos, alterações de sensibilidade ou do comportamento podem ser alguns dos sintomas de acometimento do Sistema Nervoso. Esta condição pode ser temporária, permanente, ou ainda apresentar caráter progressivo.

    As doenças neurológicas podem acarretar na perda ou dificuldade de realizar as atividades de rotina, como se alimentar e se locomover, gerando muitas vezes dependência de auxílio para realizar as tarefas básicas do dia a dia.

    O tratamento fisioterapêutico visa restabelecer as condições físicas para a realização das tarefas cotidianas, objetivando maior independência e melhora da qualidade de vida, o que de forma indireta pode influenciar nos aspectos psicossociais (depressão, melhora da participação das atividades sociais, laborais e ânimo). Além do tratamento fisioterapêutico o CEFFA disponibiliza o atendimento de psicologia e acupuntura para obtenção de melhores resultados no quadro geral do paciente com disfunção neurológica.

  • Fisioterapia Domiciliar

    A Fisioterapia domiciliar é indicada para pessoas que tenham dificuldade ou limitação de locomoção ou que busquem a comodidade de receberem os cuidados sem ter que sair de casa, evitando deslocamentos.

    Pela dificuldade de locomoção, muitas vezes é necessário utilização do serviço de acompanhante ou serviço especial de taxi, fazendo com que haja aumento de custos relacionado ao tratamento. Há casos em que a limitação está relacionada a quadro de dor importante,impossibilitando grandes deslocamentos.

    Aos que têm dificuldade de conciliar o tratamento com outras atividades, devido à restrição da disponibilidade de tempo, o atendimento em domicílio concede ao sujeito a oportunidade de horários mais flexíveis.

    O CEFFA dispõe de especialistas nas mais diversas áreas da Fisioterapia e indicará o profissional que melhor se enquadre com a necessidade do paciente.
    Saiba mais sobre nossa variedade de serviços nos links abaixo:



  • Baropodometria e Avaliação da Pisada

    No CEFFA, oferecemos um serviço de avaliação da pisada que alinha o exame de Baropodometria computadorizada estática e dinâmica com o exame fisioterapêutico funcional.

    Durante a avaliação, além da análise da distribuição de pressão sob os pés do cliente, buscamos identificar variáveis como: alteração de mobilidade das diversas articulações envolvidas com o caminhar, força dos músculos e padrão de controle motor que possam estar relacionados às queixas do cliente e ao comportamento da pisada constatado. Desta forma, podemos auxiliar na busca por um melhor direcionamento das questões apresentadas pelo cliente, seja através de palmilhas personalizadas ou ajustes nos exercícios de reabilitação em curso.

  • Palmilhas

    No CEFFA,trabalhamos com palmilhas desenvolvidas especificamente para cada um de nossos clientes com base na avaliação detalhada que realizamos.

    Nossas palmilhas são confeccionadas de diferentes maneiras, de acordo com a indicação proposta pelo fisioterapeuta responsável pela avaliação.

    1. Palmilhas finas: São palmilhas planas, confeccionadas manualmente com peças plantaresque visam estimular ajustes posturais. Elas possuem a vantagem de ser facilmente adaptadas aos diferentes tipos de calçados, como em sapatilhas femininas, sapatos sociais etc.
    2. Palmilhas Termo-moldáveis: São confeccionadas manualmente, com peças de estimulação plantar sobre uma base de resina que se molda ao pé do paciente após aquecida. Conferem uma maior superfície de contato do pé com a palmilha, sem gerar rigidez ao movimento natural do pé.
    3. Palmilhas 3D: São confeccionadas com o que há de mais atual em tecnologia computadorizada. Nelas, um modelo tridimensional dos pés do cliente é reproduzido no computador através do escaneamento destes. A seguir, elas são desenhadas pelo fisioterapeuta em um programa de modelagem computadorizado, que permite a confecção com grande precisão. Após este processo, as palmilhas são finalizadas por um instrumento robótico controlado pelo computador.

    Dor crônica

    A dor é um processo complexo e envolve diversos sistemas corporais. Em qualquer experiência dolorosa há envolvimento de diferentes áreas do cérebro, responsáveis pelas mais diversas funções, como fobia, emoções e movimento. Indivíduos que sofrem de dor crônica podem apresentar compensações mal adaptadas, fazendo com que o processo doloroso se reforce e perpetue.

    O tratamento desta condição é um grande desafio, tanto para o profissional de saúde quanto para o paciente, tendo em vista que são necessárias mudanças de hábitos de vida. A identificação das compensações e a elaboração de estratégias de enfrentamento das mais diversas variáveis envolvidas na dor exige uma abordagem com diferentes profissionais de saúde que comunguem a mesma linha de raciocínio.

    Quando a dor se torna persistente, muitas vezes não é mais a lesão original a causadora desta, visto que, em sua grande maioria, os sintomas não perduram por mais de 12 semanas. Crenças como o repouso ser a solução para a dor, proteção excessiva da região, medo das repercussões que possam vir a acontecer estão entre as principais razões de cronificação da dor. Fatores associados como estresse com trabalho, relação familiar conturbada, ansiedade descontrolada e depressão influenciam diretamente na perpetuação da dor, assim como afastamento do trabalho, falta de atividade física e distúrbios do sono.

    Um erro comum de pessoas que se encontram neste tipo de situação é a tendência à busca pelo controle de suas dores exclusivamente com medidas passivas, como compressas quentes ou frias, eletroterapia e medicação. Recentemente foi comprovado por estudos que o tratamento exclusivamente medicamentoso além de não ser eficaz para inibição da dor crônica, também é responsável por reduzir as emoções positivas,agravando-se todo ímpeto de enfrentamento e busca pela melhora.

    A fisioterapia atua como uma abordagem positiva, elaborando estratégias para melhora dos diversos fatores envolvidos.O desenvolvimento de objetivos e metas factíveis e progressivas é essencial na busca de reinserir novos hábitos de vida mais saudáveis, não só para o corpo, como para a mente. A prática constante de atividades físicas, dentro de suas limitações, aliada ao controle de estímulos nocivos internos, ansiedade e crenças negativas é o caminho para a libertação da dor crônica.

    No CEFFA temos uma equipe altamente qualificada para o tratamento da dor, com Fisioterapeutas e Psicólogos, para o melhor encaminhamento possível na caminhada por uma vida sem dor.

  • Drenagem linfática Manual

    A Drenagem Linfática Manual é uma massagem terapêutica de pressão suave e movimento lento. Através da ativação das trocas circulatórias e metabólicas, a drenagem proporciona vários benefícios.

    A linfa é o líquido existente nos vasos linfáticos, caracterizada por sua viscosidade, ausência de cor, por conter substâncias orgânicas e inorgânicas, resíduos e toxinas. A principal função da drenagem linfática é acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos, encaminhando-os aos vasos capilares e, por meio de movimentos específicos, direcionando para que sejam eliminados.
    Indicações:

    • Eliminação de toxinas;
    • Auxílio no metabolismo, melhorando o processo de digestão alimentar;
    • Auxílio ao tratamento e a prevenção de constipação;
    • Melhora na sensação de peso causada pelo inchaço corporal;
    • Ativação e normalização do sistema hormonal;
    • Alívio nos sintomas da tensão pré-menstrual (TPM);
    • Diminuição de linfedemas;
    • Auxílio na recuperação de lesões musculoesqueléticas através da reabsorção de edema;
    • Prevenção da formação de edema em gestantes.

    A drenagem linfática aliada a outras modalidades terapêuticas, como exercícios específicos, faz com que sua eficácia aumente e melhores resultados sejam alcançados. Trata-se de uma técnica extremamente útil e vital em diversos objetivos, sejam estéticosou funcionais.

  • Osteopatia

    A Osteopatia é um conceito de tratamento manual, baseado em anatomia, fisiologia e disfunção, desenvolvida pelo médico norte americano Andrew Taylor Still em meados do século XIX, com o objetivo de desenvolver um sistema de avaliação e tratamento holístico fugindo do modelo biomédico aplicado na época.Ao notar que os sintomas de seus pacientes podiam ter uma origem distante do local em questão e que o tratamento medicamentoso pouco ajudava às pessoas.

    Por esse motivo, o sistema de avaliação da Osteopatia foi construído a partir de uma avaliação global, que contempla todos os sistemas corporais, com o objetivo de identificar um mau funcionamento de algum desses sistemas.Não se trata de um sistema de tratamento de lesões, mas sim, de desordens, sejam elas:

    • Musculoesqueléticas: articulações, ossos e músculos;
    • Viscerais:buscando debilidade nos movimentos de quaisquer vísceras do nosso organismo, levando ao seu mau funcionamento, sem que haja um comprometimento patológico deste órgão;
    • Membranosas:tecidos de revestimento que existe em todo o corpo, inclusive todo sistema nervoso, que podem gerar alterações posturais à distância.

    Still, mesmo sendo médico, não acreditava que a cirurgia era o melhor recurso terapêutico para condições clínicas complexas, uma vez que o sucesso clínico dos pacientes com o tratamento osteopático era bastante favorável. Já o procedimento cirúrgico poderia ser considerado em caso de falha em todos os recursos manuais. Considerado um dos maiores avanços da área da saúde, a Fisioterapia só surgiu em meados do século XX e com o avanço de sua ciência e sua vocação por tratamentos com recursos manuais, incorporou os pensamentos de Still em vários países do mundo. No Brasil, a Osteopatia é uma modalidade exclusivamente fisioterapêutica e, para obter sua certificação, é necessário, além da graduação em Fisioterapia, pelo menos mais 5 anos de formação osteopática.

    No CEFFA nossos fisioterapeutas têm a certificação internacional completa em Osteopatia, além de possuir cursos de extensão na área, permitindo que estejam atualizados ao que acontece na Osteopatia mundial.

  • O Método McKenzie

    O tratamento da dor musculoesquelética é um desafio e envolve vários aspectos individuais. O reconhecimento desses aspectos e o seu manejo durante o dia a dia é essencial para a resolução dos problemas físicos.

    O Método McKenzie de avaliação e tratamento é um método exclusivamente fisioterapêutico, que usa uma série de movimentos e posições, aliado a uma entrevista criteriosa, para a identificação de distúrbios funcionais no corpo que possam produzir sintomas. Desenvolvido pelo fisioterapeuta neozelandês Robin McKenzie e aprimorado pelos anos de experiência e pesquisa clínica, este método é um dos mais utilizados no mundo por ter algumas características que o diferencia de todas as outras modalidades de tratamento.

    É comum encontrar pacientes com o relato de que a consulta com o fisioterapeuta foi produtiva e o fez ficar sem dor por alguns dias, mas depois de um tempo os sintomas voltaram da mesma maneira. Durante a avaliação McKenzie, as estruturas corporais são postas em testes vigorosos, que realmente desafiam o corpo e as respostas sintomáticas e emocionais guiam o exame, fazendo com que o terapeuta consiga realmente entender o que ocorre com os diversos componentes envolvidos na experiência de dor dos pacientes. Tudo isso de maneira extremamente segura!

    Após um processo de raciocínio, que leva em conta aspectos sociais, laborais, posturais, mentais e cinemáticos (movimento), um plano de tratamento é proposto e todo o quadro é explicado e exemplificado ao paciente, de modo que este passe a ser capaz de entender como o SEU CORPO, especificamente, reage aos diversos estímulos diários, quais movimentos deve adaptar e quais deve realizar. O objetivo final é fazer com que a pessoa possa entender e dominar o seu problema, tendo a capacidade de responder prontamente a alguma exacerbação dos sintomas.

    O auto-tratamento e a educação são as bases do método. Assuma o controle do seu próprio tratamento! Saiba mais em www.mckenzieinstitute.org/brasil/

  • Terapia da mão

    A mão é o segmento mais versátil do corpo humano, nos permitindo realizar uma infinita variedade de atividades durante o dia, como: nos alimentarmos, nos vestirmos, transportarmos objetos, sinalizarmos algo, abrirmos e fecharmos portas, etc. Entretanto, muitas patologias decorrentes do uso exacerbado das mãos em alguma tarefa, ou de lesões com vidros e armas brancas geram dor e rigidez, duas das principais causas de perda de funcionalidade e qualidade de vida do paciente.

    A abordagem precoce das lesões da mão é essencial para sua plena recuperação e a atuação especializada nesses casos é o diferencial para se alcançar os objetivos sem percalços, como no caso da reabilitação pós-cirúrgica, onde o manejo requer uso de recursos específicos.

    No caso dos sintomas causados por patologias específicas, como: síndrome do túnel do carpo, tendinites, tenossinovites e tenovaginites, a avaliação fisioterapêutica especializada é fundamental no tratamento, tendo em vista que essa investiga aspectos funcionais em todo o corpo que possam se relacionar com os sintomas presentes ou perpetuá-los. Assim, diversas vezes temos queixas na região da mão que são causadas por alterações em outros segmentos corporais, fazendo com que o tratamento tradicional seja ineficaz.

    Pensando nisso, o CEFFA disponibiliza a Terapia de Mão, onde profissionais qualificados atuam diante dos cuidados pós cirúrgicos e controle da dor e do edema, com a implementação de uma avaliação aprofundada e criteriosa e, sobretudo, através de técnicas manuais e exercícios específicos orientados, além da confecção de órteses sob medida.

    Ft. Gláucia Löw e Marcell Gagliano.

  • Pós operatório

    Quando é necessária a realização de um procedimento cirúrgico para a correção de uma lesão estrutural clinicamente significativa, é primordial um bom processo de reabilitação direcionado à plena recuperação funcional.

    Esta recuperação deve ser iniciada o quanto antes, preferencialmente antes mesmo do procedimento em si, nos casos de cirurgia eletiva, sendo que desde o primeiro dia há estimulações orientadas, conhecendo e respeitando as diferentes fases da cicatrização. Pensando nisso, sempre que necessário o CEFFA se coloca aberto a discussão do caso com o médico e a equipe assistente.

    No CEFFA, sempre visando a maior independência possível para o paciente, trabalhamos através da educação sobre o que pode, e deve ser realizado pelo próprio paciente em casa para auxiliar no ganho de arco de movimento, força e redução do quadro de dor, objetivando a busca de melhores resultados.

    Os procedimentos que dependem da intervenção direta do fisioterapeuta, podem ser realizados na clínica ou em visitas domiciliares, sendo estas visitas muitas vezes necessárias na fase aguda, dependendo das características da cirurgia e do paciente, facilitando a adesão ao tratamento.

    As tarefas de vida diária e movimentos relacionados ao esporte do paciente, são as principais metas finais do tratamento, pois apenas após a plena recuperação destas funções, acreditamos que haverá a completa satisfação em relação à cirurgia realizada. A reabilitação é essencial para a obtenção dos resultados almejados no ato cirúrgico. Da mesma maneira que o cirurgião deve ser habilidoso e consciente, a equipe de Fisioterapia precisa ser diferenciada e qualificada a fim de alcançar o pleno sucesso.

  • Pilates

    O método Pilates foi desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates que, durante a primeira guerra mundial, trabalhou em uma enfermaria e lá aplicou o uso de molas e resistências das camas nos pacientes, permitindo-lhes recuperar mobilidade e força durante a sua hospitalização.

    Em 1926 Pilates emigrou para os Estados Unidos e fundou um studio na cidade de Nova Iorque, denominando seu método como “Contrologia”. A técnica é fundamentada em seis princípios básicos: respiração, concentração, controle, centro (Powerhouse), alinhamento e integração corpo-mente.

    Os exercícios de baixo impacto e de poucas repetições proporcionam resultados eficazes e, ao mesmo tempo, menos desgaste para as articulações e músculos, tornando-o praticável desde atletas profissionais a pessoas sedentárias. Os movimentos realizados no Pilates proporcionam o alongamento e fortalecimento do corpo de forma integrada, além de melhorar a respiração, desenvolver consciência e equilíbrio corporal.

    Atualmente, essa metodologia é bastante difundida e conta com diferentes adeptos. Clinicamente, vem se mostrando eficaz no tratamento de diversas síndromes dolorosas, principalmente na coluna vertebral, onde proporciona um controle e estabilidade muscular, garantindo redução da dor e melhora da qualidade de vida.
    Benefícios:

    • Aumenta a resistência física e mental;
    • Correção postural;
    • Aumento da flexibilidade, tônus e força muscular;
    • Alívio das tensões, estresse e dores crônicas;
    • Melhora da coordenação motora;
    • Maior mobilidade das articulações;
    • Estimulação do sistema circulatório e oxigenação do sangue;
    • Facilita a drenagem linfática;
    • Aumento da concentração;
    • Trabalha a respiração;
    • Promove relaxamento.

    No CEFFA contamos com aparelhos modernos, ambiente agradável e fisioterapeutas altamente qualificados, capazes de auxiliar nossos clientes a alcançar todos os benefícios do Pilates.

    Acupuntura
    A acupuntura é um ramo da medicina tradicional chinesa e significa literalmente punção com agulha, que é feita em pontos definidos do corpo, chamados de “Pontos de Acupuntura¨ que se distribuem principalmente sobre linhas chamadas de meridianos...
    Mais.
    A auriculoterapia é um sistema independente da acupuntura e uma especialidade dentro da Medicina Chinesa. O pavilhão auricular é considerado uma parte muito importante do corpo humano, por constituir um microssistema. Os pontos auriculares são zonas específicas distribuídas na superfície auricular, que refletem fielmente a atividade funcional de todo nosso corpo...
    Mais.
    A ventosaterapia remonta aos antigos egípcios, chineses e culturas do Oriente Médio. Um dos mais antigos livros de medicina do mundo, o Papiro de Ebers, descreve como os antigos egípcios usavam a terapia com ventosa em 1.550 AC...
    Mais.
    A moxabustão é uma técnica terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa e baseia-se nos mesmos princípios utilizados na Acupuntura. Utiliza a queima de material para aplicar calor em pontos de Acupuntura ou áreas da superfície do corpo para tratar a patologia, regulando a função de meridianos, órgãos e vísceras...
    Mais.
    A acupuntura estética facial é indicada para o tratamento de linhas de expressão, rugas e sulcos faciais, flacidez, manchas na pele, olheiras e edemas (bolsas suboculares)...
    Mais.

    Em breve...

    Voltar

    Acupuntura

    A acupuntura é um ramo da medicina tradicional chinesa e significa literalmente punção com agulha, que é feita em pontos definidos do corpo, chamados de “Pontos de Acupuntura¨ que se distribuem principalmente sobre linhas chamadas de meridianos. No entanto, a aplicação de agulhas é muitas vezes utilizada em combinação com moxabustão, ventosaterapia e outros tipos de estimulações de determinados pontos. É utilizada tanto para tratamento de alguma afecção quanto para prevenção, devolvendo o equilíbrio energético do corpo.

    De modo geral, o tratamento com acupuntura é seguro se for realizado corretamente por um profissional bem treinado. Ao contrário de muitos fármacos, não é tóxico e as reações adversas são mínimas. Esta é provavelmente uma das principais razões pela qual a acupuntura se tornou tão popular no tratamento de dor crônica em muitos países.

    O atendimento no CEFFA é realizado por fisioterapeuta, profissional habilitado à prática do método. Após avaliação sobre a história do paciente e sua queixa principal, é realizado exame pautado nos conceitos da medicina tradicional chinesa.

    Quais são as principais indicações?

    Dor Dor traumática ou pós-operatória, Cólica Biliar e Renal.
    Cabeça e face Para dor de cabeça tensional, enxaqueca e outros tipos de dor de cabeça, devido a uma variedade de causas. Dor facial crônica, incluindo distúrbios craniomandibulares de origem muscular, também responde bem ao tratamento com acupuntura.
    Sistema Locomotor Espondilite cervical ou cervicalgia outras causas, periartrite do ombro, fibromialgia, fascite, epicondilite (cotovelo de tenista), dor lombar, dor ciática, artrose com dor no joelho, artrite reumatóide, dor radicular e síndromes de dor pseudoradicular.
    Odontologia O efeito analgésico da acupuntura para dor pós-operatória de vários procedimentos odontológicos, incluindo a extração do dente, desvitalização da polpa, e periodontite apical aguda.
    Parto No parto, analgesia acupuntura é útil para aliviar a dor do parto e pode reduzir significativamente a duração do trabalho (82). No caso das contrações uterinas enfraquecidas, acupuntura aumenta a atividade do útero.
    Infecções Os resultados de uma investigação sobre os efeitos de tratamentos de acupuntura que estimulam o sistema imune sugerem que a acupuntura pode ser útil em conjunto com outras terapias para o tratamento de infecções.
    Desordens neurológicas Dores de cabeça, enxaquecas e neuralgia são as condições dolorosas comuns tratadas com acupuntura. AVC e suas sequelas, afasia causada por distúrbios vasculares cerebrais agudos, distúrbios nervosos periféricos (por exemplo, a paralisia de Bell), espasmo facial e insônia.
    Desordens respiratórias Rinite alérgica, alivio da bronquite e asma e sintomas agudos de amigdalite.
    Desordens digestivas Dor epigástrica, espasmo gastrointestinal, distúrbios gastrocinéticos, náusea e vômito, síndrome do cólon irritável e colite ulcerativa crônica.
    Desordens urogenitais Retenção urinária devido a distúrbios funcionais, sem nenhuma obstrução orgânica, distúrbios sexuais, prostatite crônica. Nas mulheres, tem sido demonstrado que a acupuntura pode reduzir a pressão uretral e aliviar a síndrome uretral e profilaxia contra infecções recorrentes do trato urinário.
    Desordens ginecológicas e obstétricas Dismenorréia primária (cólica), TPM, infertilidade e sintomas da menopausa.
    Transtornos psiquiátricos e distúrbios mentais Depressão, estresse e para pacientes que desejam parar de fumar.
    Distúrbios dos órgãos dos sentidos Doença de Ménière (aliviando os sintomas e reduzindo a frequência dos ataques), zumbido.
    Doenças de pele Herpes zoster, coceira.

    World Health Organization. Acupuncture: Review andAnalysisofReportsonControlledClinicalTrial. 2002. ISBN-13: 9789241545433. ISBN-10: 9241545437.


    Moxabustão

    A moxabustão é uma técnica terapêutica da Medicina Tradicional Chinesa e baseia-se nos mesmos princípios utilizados na Acupuntura. Utiliza a queima de material para aplicar calor em pontos de Acupuntura ou áreas da superfície do corpo para tratar a patologia, regulando a função de meridianos, órgãos e vísceras. Pode ser empregada junto com a Acupuntura sistêmica ou sozinha. Além da sua utilização como tratamento das mais diversas doenças, a moxa também pode ser utilizada para aumentar a imunidade e assim preveni-las.

    A principal matéria prima da moxa é uma erva chamada de Artemísia (Artemísia Vulgaris). As folhas frescas da planta são colhidas na primavera e expostas ao sol para secarem, em seguida são trituradas, examinadas e filtradas para remoção de areia ou talos mais grosseiros. Posteriormente, é posta novamente ao sol repetindo-se este processo até se obter a consistência desejada que é um pó fino, macio e claro.

    A moxa pode ser utilizada diretamente sobre a pele em formato de pequenos cones (moxa okyu) ou de forma indireta (junto com a agulha de acupuntura ou em forma de bastão). A escolha do método a ser utilizado é realizada pelo Acupunturista, de acordo com o efeito desejado em cada tratamento. A combinação do seu emprego com a técnica com agulhas promove maior benefício em algumas situações clínicas específicas, como na deficiência de Qi (energia), que pode ocorrer em alguns distúrbios psicofísicos como a dor.

    O uso associado das mais diversas técnicas da Medicina Oriental faz com que sua eficácia seja aprimorada e melhores resultados sejam alcançados. É necessário a avaliação criteriosa de cada caso individualmente, a fim de traçar o mais adequado plano de tratamento.

  • Ventosaterapia

    A ventosaterapia remonta aos antigos egípcios, chineses e culturas do Oriente Médio. Um dos mais antigos livros de medicina do mundo, o Papiro de Ebers, descreve como os antigos egípcios usavam a terapia com ventosa em 1.550 AC.

    É uma tecnica muito utilizada na Medicina Tradicional Chinesa, juntamente com a acupuntura, moxabustão, auriculoterapia e fitoterapia, que consiste no uso de copos (de vidro, acrílico ou bambu) para acriação de um vácuo sobre a pele. Existem duas formas de uso da ventosaterapia:

    • Dry cupping (ventosa a seco) que consiste no uso da ventosa de forma fixa ou deslizante, onde a pele da área onde é colocada a ventosa torna-se vermelha e pode apresentar petéquias, equimoses ou hematomas.
    • Wet cupping (ventosa molhada) que consiste na combinação de sucção da ventosa com sangria controlada. A região onde é feita a ventosa e sangria também pode apresentar petéquias, equimoses ou hematomas.

    Ventosaterapia tem múltiplas funções terapêuticas que incluem aquecimento dos meridianos para remover frio, promover a circulação sanguínea, aliviar o inchaço, acelerar a cicatrização, eliminação de toxinas, etc. Pode ser utilizada para o tratamento de diversas afecções, como por exemplo, fibromialgia, dor músculo-esquelética, herpes zoster, paralisia facial, acne, artrite, dor cervical inespecífica crônica, dor no ombro, dor lombar, dentre outras.

    Existem poucas contraindicações na aplicação da ventosa como febre e feridas na pele, sendo, por isso, um tratamento seguro e eficaz.

    Dentro da abordagem Tradicional Chinesa, a ventosaterapia indicada seguindo critérios condizentes com um raciocínio clínico criterioso e individualizado maximiza os resultados do tratamento, diferentemente de quando usada de maneira indiscriminada o que faz com que perca a sua eficácia.

    Acupuntura estética facial

    A acupuntura estética facial é indicada para o tratamento de linhas de expressão, rugas e sulcos faciais, flacidez, manchas na pele, olheiras e edemas (bolsas suboculares).

    De acordo com a medicina oriental o corpo deve ser tratado como um todo, além dos pontos de acupuntura localizados nos meridianos, as agulhas também são colocadas nas rugas para estimular a produção de colágeno da pele. Antes da colocação das agulhas é realizada uma drenagem linfática facial que ajuda a eliminar toxinas, reduzir edemas e ativar a circulação sanguínea da região.

    O atendimento no CEFFA é realizado por fisioterapeuta, profissional habilitado à prática do método.

    Auriculoterapia

    A auriculoterapia é um sistema independente da acupuntura e uma especialidade dentro da Medicina Chinesa. O pavilhão auricular é considerado uma parte muito importante do corpo humano, por constituir um microssistema. Os pontos auriculares são zonas específicas distribuídas na superfície auricular, que refletem fielmente a atividade funcional de todo nosso corpo.

    Através da auriculoterapia podem ser tratadas diversas enfermidades como por exemplo cefaleia, insônia, dores em geral, rinite alérgica, constipação, etc.

    Fale conosco

    Mande suas dúvidas ou sugestões.

    Telefone:
    (21) 4141-3229
    (21) 3145-3223

    Whatsapp:
    (21) 98409-4576

    E-mail:
    ceffatijuca@gmail.com

    Rua Engenheiro Enaldo Cravo Peixoto, 105, Sala 913, Tijuca - Rio de Janeiro, RJ

    Depoimentos

    Deixe seu depoimento.

    • User Avatar
      Bruno Mussel

      Só tem fera na CEFFA, até rimou rsrsrs. Profissionais com quem tive o prazer de estudar e trabalhar, monstros da Fisioterapia! Recomendo muito! Se quer resultado e atendimento de profissionais do mais alto gabarito, visite CEFFA!!!

    • User Avatar
      Renata Oliveira

      Excelente espaço, qualidade, localização e atendimento. Ameeeeei.

    • User Avatar
      Fisioterapeuta Gabriel Niero

      Trabalho com esse baita profissional Diego Iglesias e sei o quão capaz é. Desejo que tenhas muito trabalho... hehehe ... e que obtenhas sucesso em grandíssima parte dos casos que nos surgem diariamente. Que Deus abençoe o CEFFA e muita boa sorte nessa nova fase pra ti, Diegão, e pra todos os integrantes do CEFFA. Um grande abraço.

    • User Avatar
      Cláudia Paiva

      Excelente fisioterapia. Procurei a clínica para fazer palmilhas para neuroma de Morton. Fui atendida pelo Renato, que fez uma análise completa do problema: caminhei em uma esteira enquanto ele filmava de todos os ângulos, caminhei sobre um transdutor que permitiu traçar curvas de força e entender como eu aplicava as forças no pé. Depois tive que entregar um calçado para que a palmilha fosse confeccionada de forma mais realista.